PRÓXIMA MÚSICA
Title
Artist

TOCANDO AGORA


PRÓXIMA MÚSICA


PEDIDO MUSICAL

Vereador e milícia na mira das investigações do assassinato de Marielle Franco

A Polícia Civil do Rio e Ministério Público do Rio cumpriram mandado de busca e apreensão na casa do vereador Marcello Siciliano, do PHS, na Barra da Tijuca, na manhã desta sexta-feira. Segundo a polícia, o mandado tem relação com os assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, que completam hoje nove meses. Por volta das 11h, o vereador compareceu, voluntariamente, à Cidade da Polícia. Durante as investigações, uma testemunha falou para a Polícia Civil e para a Polícia Federal que o vereador Marcello Siciliano planejou a morte de Marielle, junto com o ex-policial militar Orlando Oliveira de Araújo, o Orlando Curicica.

E o secretário de Segurança Pública do Rio, Richard Nunes, afirmou, em entrevista ao jornal Estado de São Paulo, que Marielle foi morta por milicianos que acreditavam que ela poderia atrapalhar negócios de grilagem de terras na Zona Oeste do Rio. Nesta quinta, a Delegacia de Homicídios fez uma operação em dois estados para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão relacionados aos crimes, mas ninguém foi preso na ação.