PRÓXIMA MÚSICA
Title
Artist

TOCANDO AGORA


PRÓXIMA MÚSICA


PEDIDO MUSICAL

Para Witzel, acabar com a secretaria de Segurança é uma medida necessária

O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, reafirmou que vai acabar com a Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro e classificou a medida como sendo “necessária”. O anúncio foi feito hoje por meio de uma rede social. Witzel alegou que o fim da Secretaria de Segurança é uma medida necessária e que o governo dele vai aproximar as polícias, incluindo a Polícia Federal, para investigar a fundo e chegar aos “barões da droga”.

A medida de acabar com a secretaria de Segurança desagradou membros do Gabinete de Intervenção Federal. Na avaliação de militares e ex-integrantes da secretaria de Segurança, todo o legado poderá ser “deixado de lado” com a medida.

A equipe de transição de Witzel estuda criar uma espécie de gabinete de segurança, que será ligado à Casa Civil e vai abrigar o Instituto de Segurança Pública e a Subsecretaria de Inteligência e a Corregedoria Geral Unificada. A Delegacia de Repressão a Ações Criminosas Organizadas e o sistema Guardião, de interceptação telefônica de áudio e dados, devem ir para a Polícia Civil.