PRÓXIMA MÚSICA
Title
Artist

TOCANDO AGORA


PRÓXIMA MÚSICA


PEDIDO MUSICAL

Vítimas do desastre de Mariana vão negociar diretamente com a Fundação Renova

O Ministério Público no Estado de Minas Gerais e a Fundação Renova fecharam acordo para indenização de atingidos pelo rompimento da barragem da Samarco, em Mariana. Pelo termo, cada morador com direito à indenização terá de negociar diretamente com a Renova o valor a receber. A estimativa do promotor Guilherme de Sá Meneghin, responsável pelo acordo, é de que sejam pagos R$ 2 bilhões. O desastre, que ocorreu no dia 5 de novembro de 2015, matou 19 pessoas e destruiu o distrito de Bento Rodrigues. A lama que desceu da barragem destruiu flora e fauna, além de ter atingido o Rio Doce e alcançado o Oceano Atlântico pelo litoral do Espírito Santo, onde está a foz do curso d’água. Apesar de todo esse estrago, o acordo vale exclusivamente para moradores de Mariana atingidos. O promotor Meneghin nega que a negociação direta entre vítima e empresa possa colocar o indenizado em situação fragilizada para o acerto de valor a ser pago.